JUNTE-SE A MILHARES DE PESSOAS

Cadastre-se em nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

sac

Tabela Price ou SAC: entenda a diferença

Tire as suas principais dúvidas entre Tabela Price e SAC para saber qual é a melhor opção de financiamento para o seu imóvel!

Comprar um imóvel não é uma tarefa fácil e, para isso, muitas pessoas recorrem aos financiamentos imobiliários. No entanto, ao fazer esse tipo de empréstimo, é importante saber se você está seguindo a modalidade de Tabela Price ou SAC.

Conhecer as principais diferenças entre essas opções é um ponto fundamental para melhorar o planejamento financeiro e fazer um investimento com bom custo-benefício. Apesar disso, nem sempre é simples identificar o que muda entre cada uma das modalidades.

Para não ter mais dúvidas sobre o assunto, acompanhe este artigo e conheça as principais diferenças entre Tabela Price e SAC!

O que é Tabela Price?

A Tabela Price é uma das alternativas mais previsíveis de financiamento de imóvel. Isso porque as prestações são sempre as mesmas, independentemente da quantidade de parcelas. Por conta disso, pode oferecer uma maior vantagem para o planejamento das finanças, além de ser mais acessível quando a inflação está estável.

A modalidade consegue oferecer essa segurança por colocar uma amortização bem menor que os juros cobrados na primeira parcela, o que favorece a estabilidade. Desse modo, ao longo dos meses, os valores se invertem proporcionalmente para manter o preço da prestação.

Da mesma maneira que existem benefícios de usar a Tabela Price, há os pontos negativos. Um deles é o maior valor pago de juros, tendo em vista que é aumentado para equilibrar os valores das parcelas. Além disso, o tempo de amortização costuma ser maior, justamente devido ao mecanismo utilizado na modalidade.

Como funciona o sistema SAC?

Além da Tabela Price, existe o Sistema de Amortização Constante (SAC). Esse modelo não conta com parcelas com valores iguais. Na realidade, o preço das prestações decai à medida que o financiamento é pago.

Nesse caso, o valor de amortização na tabela SAC é fixo, mas as taxas de juros e demais cobranças diminuem conforme o pagamento é realizado. Sendo assim, a longo prazo, o Sistema de Amortização Constante se torna mais econômico para quem realizou o financiamento imobiliário.

O principal diferencial dessa opção é a oportunidade de acelerar a amortização do saldo devedor, ao mesmo tempo que os juros são diminuídos ao longo do pagamento das parcelas. Desse modo, não é necessário pagar altas taxas, como no caso da Tabela Price.

Em contrapartida, quem opta pelo SAC, precisa realizar um investimento maior no início. Afinal, os valores das primeiras parcelas costumam ser mais altos em comparação com a outra modalidade, por contarem com maiores taxas de juros nas prestações iniciais.

Qual o melhor tipo de financiamento?

Tendo em vista o funcionamento dessas modalidades, fica a questão sobre qual é a melhor: tabela Price ou SAC? Na realidade, como visto, ambos os financiamentos imobiliários apresentam pontos positivos e negativos. Desse modo, a escolha deve partir da avaliação da sua realidade financeira.

A seguir, confira alguns critérios a serem considerados para ajudar na decisão!

Custos totais

Se o seu objetivo é encontrar uma opção de financiamento que tenha menores custos, o SAC surge como a alternativa que oferece mais possibilidades de economia. No entanto, para isso, é necessário considerar que os investimentos iniciais são maiores.

A Tabela Price, como visto, conta com a cobrança de maiores taxas de juros. Por essa razão, por mais que possa parecer mais econômica do ponto de vista dos valores das parcelas, a longo prazo vai gerar um custo total consideravelmente maior.

Valor inicial

Por outro lado, se você pretende dar início ao financiamento o quanto antes, a Tabela Price pode se mostrar como uma opção mais satisfatória. A modalidade é ainda melhor se você tem projeções de melhorias nas finanças pessoais nos próximos meses, como o aumento da renda mensal.

Afinal, é possível começar os investimentos rapidamente, sem comprometer a sua segurança financeira e conquistar mais flexibilidade no futuro, por conta da estabilidade dos valores da parcela.

É válido considerar que a entrada do financiamento tende a ser muito mais alta com o SAC, mas esse não é necessariamente um problema, principalmente se você reservou dinheiro suficiente para arcar com esses custos iniciais. Sendo assim, é fundamental avaliar o seu planejamento financeiro.

Tempo de amortização

Vale a pena destacar que a amortização do saldo acontece com mais agilidade na Tabela SAC. A modalidade garante uma maior vantagem para quitar o valor total em menos tempo, em comparação com outra opção.

Esse, provavelmente, é o ponto mais negativo da Tabela Price, que realmente não oferece benefícios no que diz respeito à agilidade na amortização. Dessa forma, é uma boa ideia avaliar esse fator ao lado das demais variáveis para tomar a decisão que ofereça o melhor equilíbrio financeiro ou atenda às suas expectativas na hora de financiar o seu imóvel.

Em outras palavras, não existe um tipo de financiamento imobiliário que seja o melhor para todas as pessoas. O que você pode fazer é realizar um bom planejamento financeiro e avaliar os seus principais objetivos ao adquirir o seu imóvel. Assim, é possível ponderar entre as vantagens e desvantagens oferecidas pela Tabela Price e SAC para garantir a melhor escolha.

Leia também:

Continue Lendo

tradução técnica

Tradução técnica: o que é e quando realizá-la

Entenda o que é tradução técnica, seus tipos e quando ela é exigida em negócios e projetos acadêmicos. Em um mundo onde as fronteiras entre países se tornam cada vez mais fluidas, a comunicação eficiente e precisa é imprescindível, especialmente

Leia Mais »
plugins premium WordPress