JUNTE-SE A MILHARES DE PESSOAS

Cadastre-se em nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

ambulancia samu

Ambulância SAMU: quais são os veículos disponíveis?

A ambulância SAMU com certeza é muito bem conhecida entre os brasileiros. Afinal de contas, ao ocorrer qualquer tipo de acidente, é normal que as pessoas solicitem esse serviço, a fim de fazer com que a vítima de algum acidente permaneça viva, por exemplo.

Fora isso, o SAMU está presente em todos os estados do Brasil, o que faz com que as demandas sejam constantes. No entanto, não é porque esse é um serviço de larga amplitude que as pessoas entendem como ele funciona.

A verdade é que, até os dias de hoje, há muitas pessoas que não entendem, da forma correta, qual é o funcionamento dessa empresa. Contudo, como ela está presente no dia a dia de todos os brasileiros, não seria interessante obter as informações corretas?

É fato que a ambulância do SAMU consegue agir em diversas situações, no entanto, há ocasiões em que ela não pode intervir. Isso quer dizer que, às vezes, você está com uma necessidade do qual o SAMU não é capaz de oferecer algum respaldo.

Então, em situações como essa, o paciente é obrigado a recorrer para uma outra opção. Mas quais são esses casos em que o SAMU não pode intervir? Essa é apenas uma das questões que deve estar muito bem clara na sua mente.

Afinal de contas, você deve se precaver a já ter uma outra alternativa, a fim de garantir a sua própria segurança ou da sua família. Saber como essa empresa funciona, bem como quais os serviços ela é capaz de prestar, é algo essencial.

Por isso, se você quer saber mais sobre esse assunto, bem como aprender quais são os serviços que o SAMU presta, é só continuar nesse artigo. Então, sem mais delongas, vamos ao que de fato importa. Confira!

O que é o SAMU?

Ainda que o SAMU remete de imediato ao Brasil, você sabia que essa ideia iniciou na França, em 1986? Inclusive, esse tipo de serviço também existe lá, como Service d’Aide Médicale Urgente. Ou seja, faz uso da mesma sigla, “SAMU”.

Mas, apesar dessa semelhança, a verdade é que se tratam de dois serviços diferentes. Inclusive, de acordo com alguns especialistas, o SAMU (da França), é tido como o melhor do mundo. Mas, aqui no Brasil, sabe-se que a realidade é outra.

Em suma, o SAMU foi normatizado no Brasil a partir de 2004. Ou seja, é um serviço relativamente novo. Por definição, trata-se de um “serviço de socorro às pessoas em situações de agravos urgentes, nas cenas em que esses agravos ocorrem, garantindo atendimento precoce, adequado ao ambiente pré-hospitalar”.

Isso quer dizer que a responsabilidade da ambulância SAMU é de oferecer um atendimento adequado em situações que o paciente corre, ou não, risco iminente à vida. Trata-se do primeiro produto do Plano Nacional de Atenção às Urgências, criado pelo Governo Federal.

Então, assim que a vítima obtém o atendimento, e se consegue ao menos estabilizar um pouco o estado clínico da vítima, o SAMU deve fazer o transporte da vítima até uma unidade de pronto atendimento ou a um hospital mais próximo, conforme a situação requerer.

Então, isso quer dizer que a ambulância SAMU 192 não se caracteriza apenas pelo serviço de atendimento pré-hospitalar móvel. Na verdade, trata-se de algo um pouco mais complexo, haja vista que é capaz de definir uma hipótese diagnóstica e a prioridade do atendimento, por exemplo.

Quais são os serviços prestados pelo SAMU?

Agora que você entendeu sobre o que é o SAMU, é interessante que você saiba quais serviços ele é capaz de prestar. Em suma, por se tratar de um serviço de urgência e emergência médica, deve-se acionar a empresa nessas situações.

Então, o SAMU é capaz de atender situações de acidentes, por exemplo, ou mesmo quando alguém sofre de uma doença abrupta, por exemplo. Mas, nesses casos, não se pode deixar de citar que, para cada demanda, há um tipo específico de veículo.

E isso acontece porque cada chamado possui características diferentes. Sendo assim, seria incoerente enviar um veículo de suporte básico para os casos em que a vítima corre sérios riscos de vida, por exemplo.

No entanto, ao ligar para o SAMU, o paciente ou a pessoa que está fazendo o chamado não precisa informar que precisa de uma ambulância SAMU X ou Y. Na verdade, é a própria central que estipula a necessidade para cada caso.

E é por isso que, antes de encaminhar qualquer veículo para o local, faz-se algumas perguntas. É uma espécie de triagem, a fim de saber qual é o tipo de atendimento mais adequado e, por consequência, a unidade ideal.

Por conta disso, pode ser interessante que você saiba quais são os veículos que o SAMU oferece para realizar os seus serviços. Falaremos sobre isso a seguir.

Tipos ambulância SAMU

Como dito, cada demanda precisa de um tipo específico de veículo. Sendo assim, o SAMU deve possuir mais de um tipo de veículo, até mesmo para manter a qualidade em todos os serviços prestados. Dessa forma, consegue oferecer excelência em todos eles.

Então, dentre os tipos de ambulância SAMU, podemos citar os seguintes:

Unidades de Suporte Básico (USB)

Ou seja, são os veículos ideais para casos em que o paciente precisa de atendimento, mas não corre qualquer tipo de risco iminente à vida. Por conta disso, o veículo não precisa ser equipado com as ferramentas mais avançadas.

Dentro dessa categoria, encaixam-se os tipos A, ambulância SAMU tipo B e C. Inclusive, muita gente se pergunta como é uma ambulância do SAMU por dentro. No entanto, vale destacar que isso vai depender do tipo de unidade.

Unidades de Suporte Avançado (USA)

Ao contrário da anterior, os veículos que se enquadram nessa categoria são os ideais para atender as demandas de pacientes que correm risco elevado de vida. A exemplo, são pessoas vítimas de acidentes graves, AVC, traumatismo craniano etc.

A ambulância SAMU USA deve ter um estrutura semelhante à UTI, uma vez que deve garantir a sobrevivência do paciente. Por conta disso, deve ser muito bem estruturada, com equipamentos que garantam à vida em casos mais graves.

Veículo de Internação Rápida (VIR)

Em alguns locais, essas unidades se chamam Veículo de Intervenção Médica (VIM). Mas, em todos os casos, se referem a mesma coisa. Ou seja, trata-se de viaturas 4×4, na grande maioria das vezes pickups ou SUVs.

Nesse caso, a ambulância SAMU VIR deve compor uma equipe médica e material de suporte avançado à vida. É bem semelhante ao que falamos antes, mas, nesse caso, a urgência é ainda maior. Sendo assim, a intervenção deve ser ainda mais rápida.

Mas, além de serem veículos mais ágeis, devem ter capacidade de acessar locais de difícil acesso e de difícil trânsito. Isto é, onde a ambulância normal teria ainda mais dificuldade para chegar, o que aumentaria o tempo do atendimento.

Motolância

Também são veículos de intervenção rápida. Mas, nesse caso, o intuito é de oferecer o atendimento célere, a fim de evitar agravos. No entanto, deve-se aguardar um outro veículo que seja capaz de fazer o transporte da vítima.

Ambulancha

É uma unidade de socorro aquático. Sendo assim, são ideias para acidentes que acontecem no mar, por exemplo. Fora isso, vale salientar que a ambulancha pode ser tanto um suporte básico quanto avançado. Isso vai depender da ocasião.

Helicóptero

Destina-se para o transporte ou remoção aérea. Mas, nesse caso, o veículo aéreo deve ter uma estrutura semelhante à UTI. Afinal de contas, o helicóptero atende situações de extrema urgência médica.

Leia também:

Continue Lendo

plugins premium WordPress