JUNTE-SE A MILHARES DE PESSOAS

Cadastre-se em nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

ECG o que é: entenda como funciona um eletrocardiograma

Às vezes ao realizar uma consulta médica é solicitado exames que não conhecemos mas que são importantes para entender nossa condição de saúde. Entender como funciona o ECG, o que é e sua importância é uma das dúvidas mais frequentes.

De modo geral, o ECG é um eletrocardiograma realizado em laboratório para analisar a condição das atividades elétricas do coração. Portanto, um exame fundamental para diagnosticar possíveis problemas cardíacos. 

Após essa breve introdução, preparamos o conteúdo a seguir com tudo o que você precisa saber sobre ECG, o que é, como funciona e a importância do exame. Confira também as contraindicações e o preparo ideal para sua execução. 

ECG o que é?

Como você já sabe o ECG é a abreviação para eletrocardiograma. Esse exame é solicitado pelos médicos para analisar a condição do coração dos pacientes. Sendo assim, analisar o ritmo do coração e número de batimentos por minutos, os BPMs.

Portanto, é um exame capaz de diagnosticar doenças genéticas, infarto do miocárdio, aumento de cavidades cardíacas e outras complicações. De modo geral, o ECG é bastante comum no famoso check up geral anual.

Logo, o mais indicado é que o eletrocardiograma seja feito pelo menos uma vez ao ano. Caso sejam encontradas alterações ou histórico familiar de problemas cardíacos a frequência pode cair para a cada 6 meses. 

O exame é feito à base de eletrodos e dura em torno de 5 a 10 minutos. O ECG é bastante solicitado em caso de pacientes que vão iniciar alguma atividade física ou com suspeitas de doenças cardiovasculares e até mesmo em exames admissionais nas empresas.

ECG o que é: como funciona o exame?

Agora que você já conhece o ECG e sabe do que se trata, vamos conhecer como é realizado esse exame. Em suma, o eletrocardiograma é um exame de execução simples e indolor.

Para saber sobre as condições do coração do paciente é preciso que ele fique em repouso por 5 minutos e deitado para que o resultado não seja alterado por agentes externos. Depois disso, são colocados alguns eletrodos na região frontal do peito.

Assim como, nos punhos e tornozelos, aplicando em conjunto um gel que estimula uma melhor medição da atividade elétrica. Com tudo preparado, o médico dá início ao exame ligando eletrocardiógrafo e começa a registrar as atividades do coração.

O resultado do exame se dá através da impressão de visões distintas do coração, proporcionando ao médico um diagnóstico preciso e rápido.

Preparo e contraindicações do ECG

De modo geral, o preparo para um exame de eletrocardiograma é bem simples. O primeiro passo é relatar ao médico os medicamentos de uso regular. Afinal, alguns deles podem gerar algumas interferências no resultado do exame.

Além disso, por se tratar de um exame que trabalha com atividade elétrica, é proibido a utilização de relógios, brincos e colares na sala do exame. Outro fator que pode prejudicar o resultado, principalmente em homens, é a concentração de pelos na região. 

Caso seja necessário, é preciso que os pelos sejam aparados antes da realização do ECG. Por fim, entre os requisitos para um resultado claro do eletrocardiograma é contraindicado a prática de atividades físicas antes do exame, por alterarem o batimento cardíaco.

Em suma, não existem contraindicações para a realização do ECG. Entretanto, pacientes com tremores ou Parkinson podem gerar resultados não tão conclusivos, pela dificuldade de se manterem paradas pelo período do exame. 

Qual a importância do ECG?

Depois de aprender sobre o funcionamento do ECG é possível entender um pouco mais da importância desse exame para o controle da saúde dos pacientes. Afinal, ele consegue medir a atividade elétrica do coração, identificando doenças cardíacas.

Além de ser importante para encontrar doenças, ele também é uma ferramenta fundamental para monitorar o desenvolvimento de doenças já constatadas. Desse modo, atua como um exame de prevenção de problemas mais graves. 

Ou seja, um exame essencial para garantir que a saúde e condição do paciente se mantenha em bom nível para exercer as atividades da sua rotina. Por fim, é um exame importante também para analisar o risco cirúrgico para procedimentos mais invasivos.

Portanto, ao realizar uma cirurgia é primordial que o seu médico solicite a realização de um ECG para analisar a situação do seu coração. Logo, entender se você está apto para procedimentos mais complexos, como anestesia controlada.

Problemas cardíacos diagnosticados pelo ECG

ECG o que é?

Conheça agora os principais diagnósticos que podem ser identificados a partir da execução de um exame de eletrocardiograma.

  • Irregularidades no ritmo cardíaco (arritmia), seja por um coração acelerado (taquicardia), devagar (bradicardia) ou fora do ritmo;
  • Aumento de cavidades cardíacas;
  • Patologias coronarianas;
  • Infarto do miocárdio;
  • Distúrbios na condução elétrica do órgão;
  • Problemas nas válvulas do coração;
  • Pericardite – Inflamação da membrana que envolve o coração;
  • Hipertrofia das câmaras cardíacas – átrios e ventrículos;
  • Doenças que isolam o coração – derrame pericárdico ou pneumotórax;
  • Infarto em situações emergenciais;
  • Doenças genéticas;
  • Doenças transmissíveis (Doença de Chagas).

Conclusão

Com todas as informações apresentadas no texto é possível entender o significado da sigla ECG, o que é o exame e sua importância. Com isso, o eletrocardiograma é um exame capaz de detectar alterações na atividade elétrica do coração. 

A partir disso, diagnosticar precocemente diversos problemas cardíacos, proporcionando ao paciente uma melhor qualidade de vida. O ECG é um exame de fácil realização e não demora mais do que 10 minutos.

Para garantir a qualidade do resultado é fundamental que o paciente se mantenha em repouso prévio e retire todos os colares, pulseiras e relógios. Após a colocação de eletrodos na região do peito, pulsos e tornozelos, o equipamento faz a leitura dos batimentos.

Entre os principais problemas cardíacos encontrados pelo ECG destacamos a arritmia, aumento das cavidades cardíacas e deficiências nas válvulas do coração. Ou seja, um exame de extrema importância para o monitoramento de um órgão vital.

Agora que você já sabe tudo sobre o eletrocardiograma você já pode realizar o seu check up geral anual de maneira mais tranquila.

Leia também:

Continue Lendo

tradução técnica

Tradução técnica: o que é e quando realizá-la

Entenda o que é tradução técnica, seus tipos e quando ela é exigida em negócios e projetos acadêmicos. Em um mundo onde as fronteiras entre países se tornam cada vez mais fluidas, a comunicação eficiente e precisa é imprescindível, especialmente

Leia Mais »
plugins premium WordPress